bau digital head>

Thursday, March 19, 2009

Romário no América

Posted by Picasa



Romário, cartola no América, animou os torcedores mais fanáticos.Os "moderados" só foram atrás das famosas carteirinhas vermelhas de couro, que davam direito a entrar no tijucano estádio da rua Campos Sales. Essa aí, novinha, emitida em março de 1958, foi usada até para assitir aos treinos, durante a campanha do glorioso campeonato de 1960.Ciquenta anos depois, sobrevivente de incontáveis reformas ortográficas, ainda guarda o recibo da mensalidade de julho de 60.
Herança.Mais conservada que o próprio herdeiro
Sannnguuue!
Dêeem a camisa 11 do Nilo para o Romário usar. E não sentirermos mais saudades do Canário, cuja venda ( 1959) para a Espanha proporcionou a construção do ginásio de esportes. Espaço inesquecível de saudosas peladas, torneios e treinos da excelente equipe de futebol de salão do técnico Pavão.

Camisa 11 prô Romário,rápido, senão o Trajano começa uma campanha na TV para ele só usar a do Canário.
Pensando melhor, qualquer uma lhe cairia muuito bem:dava para escolher entre a do Canário, Romeiro, Leônidas, Alarcon ou Ferreira.

Ou esse blog não se chamaria BAÚ!

/strong>

Labels:

5 Comments:

Anonymous Vera Dantas said...

Sentada numa velhíssima almofada do América, dos tempos que o maridão era o mais estridente torcedor - seu grito calava o Maracanã -, leio com alegria e prazer o seu blog.
Vida longa ao novo América.
Vera

19 March, 2009  
Anonymous Anonymous said...

Arthur

O vermelho do América combina com o Big Marx mas não posso concordar com a troca do Canário por uma quadra de esportes que substituiu o Estádio da Rua Campos sales.

Lá em 1956, assisti:
Flamengo 1 x 0 América, com Chamorro no goal.

Depois em 1963, após o jogo de basquete no qual o infantil do Mackenzie, do Meier, com este pivô que vos fala - de banco e quadra e quadra e banco - derrotou mais uma vez o América; é após a partida jogamos uma pelada maravilhosa naquele gramado.

Saudações rubro negras, em especial no tri campeonato de 1955 com Dida e cantando:

- O mais querido tem Rubens, Dequinha e Pavão

Saravá !

Sergio Rosa

01 April, 2009  
Anonymous Anonymous said...

A venda do Canário não foi para acabar com o campo. Continuou, e lá, treinava tempos depois, o time campeão de 1960. Treinador Jorge Vieira. Lembro também do Yustrick, enorme, treinando o Pompéia ou Ari, no gol perto da piscina e próximo ao velho salão da quadra pequena. Bem na entrada do clube.
Canário foi vendido para a Espanha e com a grana construiram um ginásio de esportes, coberto, ao lado do Campo, com entrada por uma rua que passava também por trás do Instituto de Educação-- que mulherada malhavilhosa!-.
Aprendi a nadar na piscina do América

02 April, 2009  
Anonymous Henrique said...

Pois é, só vi este post porque recebi uma mensagem, talvez comemorativa da volta do Ameriquinha (como diz o Trajano, nada pejorativo) à primeira divisão do Rio. Meu coração alviverde -- meio decepcionado com seu time -- junta-se à alegria de seu coração vermelho e tomará um chope virtual comemorativo por esse triunfal retorno. Parabéns a você e a todos os americanos.
Abração.

26 November, 2009  
Anonymous Anonymous said...

AMÉERICA!

01 December, 2009  

Post a Comment

<< Home

Site Search

referencement gratuit
website counter blogarama - the blog directory Waaaouh.com - Annuaire de sites gratuits générateur de métas-tags http://bau-digital.blogspot.com/